sábado, 10 de dezembro de 2011

DESNECESSÁRIO

Não tem que estar perdido, fingir-se amante, dizer-se amigo.
Não tem que ser malandro, bolar desculpa, inventar motivos.
Não tem que ser distante, bruto, indiferente.
Não tem que ser hipócrita, nem triste.
Não tem que ser agora.
Não tem que ser pra sempre.

Basta dizer não amo, não gosto mais, não quero tanto
E já basta disso.


Márcio Ares. 2011.

Um comentário:

  1. Consegui Ares!!! Um ano só é bom se fizermos de cada dia uma magia. Cleide

    ResponderExcluir